Notícias

12/07/2017 11:38

"Quero saber por quê ainda não foi pra cadeia", dispara Janaina sobre ex-secretário

A deputada estadual Janaina Riva (PMDB) usou a tribuna na manhã desta quarta-feira (12.07)  para comentar as declarações da delegada Alessandra Saturnino, que afirmou à justiça ter partido do ex-secretário da Casa Civil, Paulo Taques, a ordem de grampos ilegais a diversas pessoas, sob a justificativa de que tinha medo que a ex-amante dele fotografasse a ele e ao governador Pedro Taques, nus com outros homens.

"Há meses recebo diversas ameaças assinadas por um sujeito que diz que vai estuprar a mim, à minha mãe e meus filhos. Já procurei a delegacia várias vezes e isso não foi o suficiente para grampear ninguém. Agora, porquê a Tatiane Sangali ameaçava fotografar o governador e seu primo nus com outros homens, isso foi motivo de grampo ilegal. Então quero saber o por quê o senhor Paulo Taques ainda não foi pra cadeia, porque lá que é lugar de bandido igual ele", disparou.

Na noite desta terça-feira, a TV Centro América trouxe à público as declarações da delegada sobre a participação direta do primo do governador e ex-secretário chefe da Casa Civil, Paulo Taques, nos grampos ilegais em Mato Grosso que vitimaram dezenas de cidadãos.

"Não temos nem números exatos ainda de quantos foram vítimas desse crime. E me entristece saber que essa Casa não tem interesse de investigar o governador e seus comparsas", finalizou.

 

"

 


Janaina Riva

Com essas experiências adquiridas, Janaina fundou e presidiu o PSD jovem de Mato Grosso, o segundo Estado a fundar militância jovem do PSD no país. 

Redes Sociais

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo