Notícias

18/01/2019 15:39

“Enquanto responsáveis que somos, nós não podemos dar carta branca pra nenhum governador”, diz Janaina em audiência sobre a Empaer

A deputada estadual Janaina Riva (MDB), autora do pedido de vista da mensagem oriunda do governo do estado referente à reforma administrativa e que extingue diversos órgãos e empresas públicas estaduais, reforçou na manhã desta sexta-feira (18.01) a importância do trabalho da Empaer junto aos municípios e para os pequenos produtores de Mato Grosso. A parlamentar reforçou ainda, que os pedidos de vista realizados por ela e pelo deputado Valdir Barranco não se trata de oposição, muito menos de afronta ao governador Mauro Mendes, mas sim, do trabalho constitucional do parlamentar.

“Muitos deputados têm até medo de fazer pedido de vista, uma coisa tão normal, tão natural do parlamento, porque no dia seguinte nós somos agredidos pela mídia que afirma que nós somos empecilho para o não avanço do estado e isso não é verdade. Na verdade nós somos a peça para que o estado possa avançar, mas com responsabilidade e ouvindo todos aqueles que fazem parte desse processo. A análise da situação da Empaer deveria ser feita com toda cautela que ela merece. Eu acredito que essa proposta trazida à Assembleia hoje de criação de instituto é extremamente viável de ser trabalhada. Ninguém aqui é inimigo de governador nenhum. Se o governador nos quiser na base, vai ser tratando com respeito as nossas posturas enquanto parlamentares. Eu não tenho medo de ficar mal com governador fazendo pedido de vista como eu fiz no caso da mensagem da Reforma Administrativa”, explica.

Segundo a deputada, a Empaer foi sendo sucateada ao longo dos anos e seus servidores marginalizados. “Não se terceiriza vocação. Os servidores da Empaer são vocacionados para o trabalho que eles exercem. Prestaram concurso, passaram a vida fazendo esse trabalho. Eu me lembro de quando eu era menina sobre a importância e da relevância que tinha o servidor da Empaer e de como ele era tratado com respeito, muito diferente do que é hoje, totalmente diferente. Eu me lembro de ir aos municípios com meu pai e me lembro que o servidor da Empaer era uma referência de respeito, de atendimento à sociedade. Era pessoa respeitada e não desprezada como é hoje, devido ao sucateamento que a Empaer sofreu ao longo dos anos”, ressalta.

Janaina explica que os municípios precisam do trabalho exercido pela Empaer, que não têm condições de arcar com esses custos e que os deputados tem obrigação de lutar por isso. “Nós vimos aqui no passado tantos deputados se submetendo a tudo aquilo que o governador mandava aqui pra Assembleia e o resultado foi a maior renovação de todos os tempos do parlamento estadual, justamente daqueles que viraram as costas para o interesse coletivo, para os servidores. Aqui nós tratamos de interesse coletivo dos municípios por que os prefeitos já sabem que se a Empaer for extinta e não se criar um instituto, essa bomba vai cair lá nas prefeituras sem que elas tenham condições de oferecer esse serviço e o Estado vai lavar as mãos”, diz.

Janaina convocou os servidores públicos para que continuem se mobilizando. “Não há crime aqui na pauta que vocês estão reivindicando e o governador tem que entender que enquanto 24 deputados estaduais, responsáveis, nós não podemos dar uma carta branca nem pra Mauro Mendes, nem pra Pedro Taques, nem pra Silval, nem pra Blairo, nem pra ninguém. Se fosse só pra fazer corte de gastos e exonerar servidor, qualquer um poderia ser governador, mas tem é que buscar receita e o desenvolvimento econômico do estado por que esse é o papel de um governador.”, finalizou.


Janaina Riva

Com essas experiências adquiridas, Janaina fundou e presidiu o PSD jovem de Mato Grosso, o segundo Estado a fundar militância jovem do PSD no país. 

Redes Sociais

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo