Saiu na mídia

17/03/2020 12:06

Deputada usa Instagram para denunciar catástrofe ambiental no Rio Teles Pires

Nesta terça-feira (17), a deputada Janaina Riva(MDB) usou seu Instagram para denunciar a catástrofe ambiental no Rio Teles Pires, em Sinop [503 km de Cuiabá], pelo altíssimo índice de mortandade dos peixes.

Prometendo apresentar requerimento ainda hoje, para pedir informações, em conjunto com os 24 deputados estaduais, e, assim, exigir explicação sobre essa catástrofe ambiental que merecem uma dura apuração do Ministério Público de Mato Grosso.

Na sua rede social, Janaina aponta as toneladas de peixes mortos, prometendo encaminhar uma denúncia formal aos órgãos de fiscalização e controle. E ainda exigindo uma análise mais técnica da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, sobretudo, para que o órgão explique, inclusive, os requisitos usados para assegurar licença de funcionamento à Usina Hidrelétrica Sinop.

Não somos contra o desenvolvimento, ao emprego, mas desde que feito de forma responsável e com zelo ambiental.

Lembrando que enquanto na Assembleia, causa grande discussão os novos caminhos para pesca, as imagens dos peixes mortos ao longo do rio, causam revolta e indignação. "Não somos contra o desenvolvimento, ao emprego, mas desde que feito de forma responsável e com zelo ambiental".

A nascente do Rio Teles Pires fica localizada no município de Primavera do Leste (embora outras nascentes também sejam consideradas), tendo uma extensão de 1.457 km até o encontro com o rio Juruena, formando o rio Tapajós, em Barra de São Manoel, marcando a fronteira entre os estados de Mato Grosso e Pará. Assim, atravessando os biomas do Cerrado e da Floresta Amazônica. 

Denúncias

Nesta última segunda-feira (16), moradores da região voltaram a denunciar à Sema, a mortandde dos peixes, após encontrarem centenas deles mortos, em vários trechos do Rio Teles Pires, próximo a Itaúba, em Sinop.

Já a secretaria informou que, por meio da regional em Sinop, estaria investigando a causa e tomando as medidas administrativas e técnicas necessárias para solucionar o impacto ambiental causado no rio. Ainda de acordo com o orgão estadual, também foi solicitado aos responsáveis pela Usina Hidrelétrica, localizada próxima ao Rio Teles Pires, informações complementares para apuração do ocorrido.

No ano passado, a empresa já havia sido responsabilizada pela morte de 13 toneladas de peixes no Rio Teles Pires. À época, foi multada em R$ 50 milhões pelos danos ambientais causados.

E este ano, no início de fevereiro, a mortandade dos peixes resultou em matéria extensa na Folha de SP. Conforme a matéria, a poluição gerada pela Usina Hidrelétrica Sinop, teria provocado a morte de ao menos 13 toneladas de peixes nas últimas semanas. Relembrando da multa dada pela Sema, à empresa responsável, Sinop Energia.

Em primeira análise técnica concluiu que a causa do desastre ambiental foi o aumento da turbidez da água provocado pela abertura de três vertedouros e pelo fechamento de uma adufa (abertura que permite o fluxo da água, controlado por meio de uma comporta)

Este ano, tamb´m em fevereiro, o Ministério Público de Mato Grosso entrou com uma ação civil pública com pedido liminar para suspender o reservatório da usina e fechar o sistema de transposição de peixes da Usina Hidrelétrica de Colíder, com objetivo de parar a mortandade dos peixes. Até esta sexta-feira (15), porém, não houve decisão judicial do pedido.

Neste príodo, por meio de nota, a Sinop Energia garantiu que teria adotado ações mitigadoras, entre as quais o resgate de peixes, a medição da qualidade da água e a abertura progressiva das comportas do vertedouro para aumentar a taxa de renovação da água no trecho abaixo da usina, onde ocorreu a mortandade.

A empresa francesa EDF tem o controle acionário (51%) da Sinop Energia, com participação minoritária da Eletrobrás, por meio das subsidiárias Eletronorte (24,5%) e Chesf (24,5%).

Veja post da deputada

(Foto: Reprodução)

Instagram-Janaina.png
 
 
Fonte: Marisa Batalha - O Bom da Notícia

Janaina Riva

Com essas experiências adquiridas, Janaina fundou e presidiu o PSD jovem de Mato Grosso, o segundo Estado a fundar militância jovem do PSD no país. 

Redes Sociais

Crie seu novo site Go7
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo